Como fazer para que todos na fazenda tenham o pensamento lean?

Paulo F. Machado
Henrique Z. Marques
Cristiano S. Bueno

Quando buscamos mudar a nossa forma de pensar, mesmo que por vontade própria, percebemos que essa não é uma tarefa fácil e nem rápida. Por isso, a nossa jornada de aprendizado deve ser como a melhoria contínua: pequenos passos, todos os dias. As mesmas dificuldades que enfrentamos ao tentar resolver um problema complexo em nossa fazenda de uma só vez, enfrentaremos ao tentar internalizar essa nova cultura. Muitas novidades e mudanças, nunca é simples. Por isso, como tudo na fazenda, temos que mudar gradativamente.

                Pensamos que ao ensinar as ferramentas de gestão aos funcionários eles já estarão capacitados e prontos para identificar anomalias, melhorar processos, encontrar desperdícios diariamente, entre outras coisas. Porém, no início é difícil para o operador conciliar suas tarefas de rotina com essa visão de melhoria contínua, principalmente devido à falta de prática.

                Sendo assim, uma maneira de disseminar essa nova forma de pensar, é assumindo o papel de professor. É preciso garantir que cada operador tenha um mentor, no começo será o você e aos poucos outros funcionários podem também se tornar mentores. O papel do mentor é dar orientação e reforçar os comportamentos desejados em cima de situações e problemas reais que estão acontecendo no dia a dia da fazenda. O mentor deve aproveitar cada oportunidade para capacitar: perambulações, reuniões diárias, eventos kaizen, etc.

 
professor e aluno.png
 

Adaptado de Toyota Kata – Mike Rother

O treinador de um atleta foca seu trabalho em fazer perguntas e observar cada movimento do seu pupilo, a fim de entender quais são as suas dificuldades e o que ele está pensando. O mentor deve assumir o mesmo papel, direcionando o pensamento de todos na fazenda para que entendam o que, como e porque eles fazem o que fazem. Os empregados executam as tarefas e pensam em como podem melhorá-las, enquanto o mentor garante que eles estão fazendo isso seguindo os princípios gerencias.

 

Benefícios de assumir o papel de mentor:

• Estando lado a lado com seus empregados, o mentor consegue entender o raciocínio deles e priorizar quais habilidades eles precisam desenvolver mais, para que consigam se tornar melhores solucionadores de problemas.

• Os empregados aprendem fazendo, pela tentativa e erro, e aprendem a analisar os motivos pelos quais as soluções deram certo ou errado, transformando esse conhecimento adquirido em lições aprendidas para futuros problemas.

• Essa abordagem desenvolve o alinhamento entre os objetivos do negócio e os comportamentos das pessoas. Ela proporciona foco e direção, mas com uma quantidade considerável de espaço para ação, o que ajuda as pessoas a desenvolverem a sua própria capacidade de pensar.

 
agro+lean