Dando fluxo ao trabalho em uma fazenda de gado de corte

Paulo F. Machado
Henrique Z. Marques
Felipe Zumkeller Garcia

 
1.jpg
 

O modelo Agro+Lean tem sido aplicado por várias pessoas nas mais diversas áreas do agronegócio, como na bovinocultura leiteira, horticultura, agricultura e suinocultura. Neste artigo, vamos apresentar um caso de como o modelo também transformou uma fazenda de bovinocultura de corte, contando um pouco sobre a Jornada na Fazenda Santana, localizada no município de Valença-RJ.

O negócio da Fazenda é a criação de gado de corte, ou seja, produção e venda de bezerros para recriadores e terminadores. Atualmente, a fazenda conta com uma equipe de dois campeiros, uma líder de escritório e um administrador.

A implantação da Jornada na fazenda teve início há aproximadamente um ano, com o entendimento do negócio e o mapeamento dos sistemas. No mapeamento, foram definidos quais eram os sistemas da fazenda, seus clientes, os resultados esperados, os processos, fornecedores, entradas, além de sua missão e indicadores para avaliar se o sistema está indo bem. De forma resumida, as atividades da Fazenda Santana foram divididas em 6 sistemas: 2 de suporte e 4 ligados às atividades relacionadas ao rebanho.

Os sistemas de suporte são:

A) Sistema Administrativo: responsável por compra e vendas, gestão de RH, gestão de informações, contratação de serviços terceirizados, entre outros;

B) Sistema de Alimentação: responsável pelo manejo das pastagens e de suplementos alimentares;

Já as atividades ligadas ao rebanho foram divididas de acordo com as etapas do ciclo de produção:

C) Sistema de Recria: responsável por melhorar o plantel e repor as matrizes, ou seja, selecionar bezerras após a desmama e recriá-las até atingirem a fase reprodutiva;

D) Sistema de Reprodução: responsável por emprenhar as vacas e novilhas. Esse sistema atua durante a estação de monta, entre os meses de novembro e março;

E) Sistema de Gestação: responsável por garantir que todas as matrizes que emprenharam no sistema de reprodução tenham uma gestação saudável;

F) Sistema de Aleitamento: compreende desde os primeiros cuidados do bezerro após o nascimento até a sua desmama. Tem como objetivo garantir que todos os bezerros nascidos sejam desmamados com peso acima de 200 kg e boa saúde.  

 
2.png
 

 O mapeamento dos sistemas deu maior clareza às pessoas e permitiu que elas se conectassem, ao entenderam o propósito do negócio em que estão envolvidas. Isso deu sentido ao trabalho que elas executam no dia a dia.  Outro ponto positivo foi a organização da rotina da equipe, pois uma característica importante na produção de bezerros é a sazonalidade de muitos dos processos, ou seja, eles acontecem em um determinado período do ano. Desta forma, muitas das atividades são executadas apenas naquele período, o que aumenta os riscos da falta de materiais, atrasos na execução e erros nesses processos.

Um exemplo é o processo de Inseminação artificial em tempo fixo (IATF), que faz parte do sistema de reprodução. Esse processo é realizado em apenas 3 meses do ano e tem como resultado esperado vacas prenhes. Antes de iniciar a Jornada de implantação do modelo gerencial do Agro+Lean, o planejamento dessas atividades era feito de cabeça, os atrasos eram comuns e sempre havia muitas anomalias. Isso impactava diretamente no resultado do negócio, tinha-se um menor número de vacas prenhes para o Sistema Gestação e consequentemente, menor número de bezerros desmamados para os clientes do Sistema Aleitamento.   

Com os sistemas mapeados e os processos descritos, o próximo passo foi organizar a execução das tarefas no momento correto. Para isso, as atividades foram classificadas de acordo com as fases do ciclo produtivo e organizadas no painel de projetos. Assim, as tarefas passaram a ser analisadas e acompanhadas constantemente durante as reuniões diárias.

 
3.jpg
 

As pessoas passaram a ter maior participação e envolvimento nas decisões relacionadas ao próprio trabalho, principalmente na busca por soluções de problemas e atuação para eliminar anomalias. Algumas atividades que eram vistas como rotineiras, como levar um animal até o curral para ser tratado, parar a perambulação para arrumar uma cerca ou interromper o processo de vacinação de um lote por falta de materiais, hoje são vistas como anomalias e tratadas imediatamente. Dessa maneira, as pessoas passaram a criar soluções para os problemas, o que torna fazenda um lugar cada vez melhor para se trabalhar e produzir.

 

‘’O trabalho ficou mais organizado. Hoje sabemos o que precisa ser feito para produzirmos o bezerro que o nosso cliente quer e para melhorarmos sempre’’

Luci, líder do escritório da Fazenda Santana

 
4.jpg
 

Em resumo, a produção de gado de corte tem como objetivo principal gerar valor para o cliente, como qualquer negócio. E independente de qual seja o ramo, o grande fator de sucesso são as PESSOAS e como elas estão engajadas em melhorar todos os dias.

agro+lean